Relatório dos Danos Materiais e Prejuízos Decorrentes de Desastres Naturais em Santa Catarina

Sem título

Relatório dos Danos Materiais e Prejuízos Decorrentes de Desastres Naturais em Santa Catarina é fruto do acordo de Cooperação Técnica, celebrado entre o CEPED UFSC e o Banco Mundial, em dezembro de 2015, para execução do projeto “Estudos dos Impactos Econômicos dos Desastres no Brasil”.  

O relatório apresenta os dados relacionados aos danos e prejuízos decorrentes de desastres em Santa Catarina, a partir dos registros efetuados entre 1995 e 2014. Nesta etapa, o estudo, que contou com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável do estado de Santa Catarina, analisou  2.704 registros selecionados. Concluiu-se que o somatório dos danos e prejuízos decorrentes de desastres naturais, informados pelos municípios de Santa Catarina entre 1995 e 2014, é de 17,6 bilhões de reais, o que representa 0,90 bilhões por ano (0,4% do PIB). Enxurradas (34%) e estiagens (30%) são os fenômenos que mais provocam danos e prejuízos no estado.

  • Acesse a publicação, aqui.